A música é uma das artes mais impressionantes que temos no mundo, e a forma como ela toca cada pessoa pode ser muito diferente. Eu sou daqueles que acreditam que as emoções provocadas por uma canção são as que ficam para sempre conosco, e é por isso que eu sempre procuro artistas que me façam sentir a música de verdade.

Entre tantos estilos musicais, é difícil eleger apenas um artista como o meu favorito - mas, olhando para a minha playlist, um nome se destaca: Ed Sheeran.

O cantor britânico é um fenômeno da música atual e já conquistou milhões de fãs em todo o mundo. Mas, para além de toda a popularidade, é a forma como ele consegue transmitir emoção em suas canções que me chama atenção.

Desde sua primeira música de sucesso, The A-Team, Ed já demonstrava que suas letras eram diferentes do que costumávamos ouvir na rádio. Ele não falava apenas de amor, mas de histórias reais, de pessoas que ele conheceu em sua vida - e isso fez toda a diferença.

Cada música de Ed Sheeran é uma viagem por seus sentimentos, suas experiências pessoais e até suas imperfeições - e isso é o que me faz acreditar na autenticidade de sua música. O jeito como ele canta e toca violão dão a sensação de que ele está cantando especialmente para mim, como se eu estivesse em um show particular.

Mas, além de sua habilidade como compositor, o que mais me impressiona é a versatilidade de Ed Sheeran. Ele não se prende a um único estilo musical, mas consegue transitar de forma natural entre o pop, o soul, o folk e até o rap - como fez em sua música Take Me Back to London, em que colaborou com Stormzy.

Ed Sheeran também é presença constante em trilhas sonoras de filmes e séries, como O Hobbit e Game of Thrones, o que só mostra como sua música pode se encaixar em diferentes contextos e públicos.

Mas, acima de tudo, é a forma como as músicas de Ed Sheeran me fazem sentir que me faz escolhê-lo como meu artista favorito. Suas letras falam de amor, de amizade, de perdas e de conquistas - e sempre me tocam de alguma forma. Quando eu escuto Photograph, por exemplo, não consigo evitar de sentir uma emoção que algumas vezes me leva às lágrimas.

Acredito que, quando conseguimos nos conectar emocionalmente com uma música ou com um artista, essa conexão não se desfaz nunca mais. E é por isso que Ed Sheeran continua a ser meu favorito - mesmo depois de tanto tempo e de tantos novos artistas surgindo no cenário musical.

Espero que esse texto tenha ajudado a entender um pouco mais sobre as minhas preferências musicais e, quem sabe, te inspirado a procurar um artista que te faça sentir a música de verdade também. Afinal, a música é uma linguagem universal que pode nos unir em emoções e sentimentos - e não há nada melhor do que sentir isso de verdade.